ESSÊNCIA DA PAIXÃO


Geraldo de Azevedo


Há várias nuances de amor. Elas circulam entre os extremos ágape e Eros. Ágape é o sentimento que se estabelece entre a mãe e o filho, incondicional, capaz de dar a própria vida pelo próximo. Eros é o sentimento sexual intenso, carnal, o desejo de ter o outro. É a própria paixão. A felicidade no amor deve estar no meio destes dois extremos.
Algo efêmero que vem com a curiosidade de desvendar os misterios de alguém, a vontade, o desejo de viver o momento, surge com um olhar minucioso sobre os caractéristicas físicas de alguém, não importando muito o que ela é por dentro; quando passa algum tempo e o desejo, a curiosidade, a vontade de estar, e o fogo da paixão se esvai, fica a certeza de um sonho vivido mais não um amor conquistado. O amor é intenso mais, o tempo e a distância não apagam, é algo que mesmo não consumado morre com você, e quando realizado te faz feliz o resto da vida.

È o que a maioria da pessoas vivenciam, isto é, atração física que acaba quando se encontra alguém mais bonita ou muita das vezes por interesses ocultos disfarçados de amor. Já o amor é algo que poucos tem, porque ele você adquire com o tempo, onde você passa a conhecer seu parceiro e gera com isso uma série de fatores. Você e o parceiro(a) tornam-se complices e para que isso aconteça não deve faltar de jeito nenhum respeito entre ambos.

A paixão é ardente, violenta, e normalmente nos cega, mas é passageira geralmente nem mesmo deixa marcas, ela da mesma forma que chega ela vai embora. O amor chega de mansinho, você não percebe, vai tomando espaço no seu coração e te enche de entusiasmo alegria, supera todas as coisas está sempre disposto a perdoar e o melhor de tudo quando bem cultivado ele pode durar para sempre. Não acredite que alguém mate por amor, o amor não é esse monstro que alguns dizem fazer coisas violentas em nome dele. A paixão é duvidosa, mas amor é a perfeição de um sentimento.

O amor está diretamente ligado ao momento presente pelo qual a pessoa passa, já a paixão é aquela coisa que fica marcada para sempre, como uma nódua.

Quem nunca se apaixonou não sabe como é, mas, quem já amou de verdade? a paixão é algo tão voraz, tão efêmero que é possível de acontecer com qualquer um de nós, em qualquer momento de nossas vidas... quem nunca sentiu aquele "friozinho" na barriga, aquele tremor de pernas, aquela descarga hormonal?
Já o amor, seria a intensificação dessa paixão algo que transcendeu a atração apenas física pelo outro, quem ama vê muito além do que o óbvio... vê a essência do ser amado. O coração já bate mais "tranqüilo", em vez de um friozinho na barriga, tem-se o desejo de ficar cada vez mais perto, o maior tempo possível... e não há mais nada neste mundo que se queira mais, nada mais... apenas permanecer assim... assim...

Qual a diferenca entre amor e paixao?
Atraves dos momentos dificeis e que teremos a prova do verdadeiro amor. A paixão é completamente differente, é adrenalina total e comparavel ao fogo de palha que pega fogo a todo vapor e logo se apaga, é um sentimento muito forte porém, com pouca duração, uma ilusão do desconhecido, algo que chega muito rápido e por que não estamos preparados quando ela vai embora, deixa marcas profundas... mais no final sempre aprendemos uma grande licão... o amadurecimento desenvolve ainda mais nesses momentos, pois aprendemos a ser mais atentos e cuidadosos diante das armadilhas da vida.

amor precisa de tempo para amadurecer. Paixão é algo mais imediato, inesperado. Os dois tem origem na atração, sendo que o amor pode conter paixão, mas a paixão por si só, não mantém o relacionamento duradouro, pois com o tempo pode esfriar se não tiver amor.

VOLTAR